Umuarama

IBGE

Estimativa mostra encolhimento da população da região da Amerios

29/08/2019 10H36

O IBGE divulga na quarta-feira (29) as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2019. Conforme os números, apenas sete cidades dos 21 municípios que compõe a Amerios apresentaram aumento de população. Umuarama foi a que mais cresceu, saltando de 107.319 pessoas em 2014 para 111.557 umuaramenses em 2019.

A estimativa mostra um encolhimento das cidades da região e apenas Umuarama puxando os valores populacionais. Em 2015 os 21 municípios somavam um total de 287.157 pessoas, já em 2019 a população da região caiu para 287.037. Quando e retirado Umuarama da soma, o êxodo regional chega a menos 3.459 habitantes na região.

Segundo o IBGE, as populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

Umuarama Cresce

De 2014 à 2019 o número de habitantes de Umuarama o cresceu 3.94%, sendo um total de 4.238 novos moradores em cinco anos. Já em 2010, o Censo atribuiu a população do município a 100.676 habitantes. Os dados também revelam que os umuaramenses estão permanecendo no município, como pessoas de outras localidades estão escolhendo a Capital da Amizade como morada, situação que não está ocorrendo em 15 municípios da região da Amerios.

Queda em âmbito nacional

Estima-se que o Brasil tenha 210,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,79% ao ano, apresentando queda do crescimento quando comparado ao período 2017/2018, conforme a Projeção da População 2018.

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,25 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,72 milhões de habitantes), Brasília (3,0 milhões) e Salvador (2,9 milhões). Juntos, os 17 municípios brasileiros com população superior a um milhão de pessoas somam 46,1 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil.

Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro com a menor população, 781 habitantes, seguido de Borá (SP), com 837 habitantes, e Araguainha (MT), com 935 habitantes.

No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O maior deles é São Paulo, com 45,9 milhões de habitantes, concentrando 21,9% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 605,8 mil habitantes (0,3% da população total).

Fundo de participação

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.