Policial

BALANÇO

Apreensões de cocaína quadruplicaram no Paraná em 2018, diz PRF

08/01/2019 16H49

BALANÇO Apreensões de cocaína quadruplicaram no Paraná em 2018, diz PRF
Em 2018 a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 18,4 milhões de carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai nas estradas do Paraná (foto divulgação PRF)

Curitiba – As apreensões de cocaína mais que quadruplicaram no Paraná em 2018, segundo levantamento da Polícia Rodoviária Federal.

Foram 4.555 quilos de cocaína retirados de circulação, valor muito maior do que o apreendido em 2017, quando a quantidade foi de 1.038 quilos.

Os dados foram divulgados na manhã de terça-feira (8), no balanço anual de apreensões realizadas pela PRF nas estradas paranaenses em 2018. Neste mesmo período foram apreendidas 51.049 toneladas de drogas. Desse total, cerca de 45,7 toneladas são de maconha, que representou cerca de 89,7% das drogas apreendidas.

A PRF apreendeu ainda 629 quilos de crack no ano passado –13,8% mais do que em 2017.

A maior apreensão de 2018 foi registrada pela PRF em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná, no mês de janeiro, quando 7,2 toneladas de maconha foram apreendidas.

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu ainda 142 armas de fogo e 20,7 mil munições, além de 18,4 milhões de carteiras de cigarro.

Quase 2,9 mil pessoas foram presas, por diferentes crimes, e 624 veículos com alerta de roubo ou furto, recuperados.

Balanço de 2010 a 2018

Desde 2010, a PRF apreendeu no Paraná 397 toneladas de maconha, 9,8 toneladas de cocaína e 6,1 toneladas de crack.

Ao longo desses últimos nove anos, 1.321 armas e 135,8 mi munições foram apreendidas por policiais rodoviários federais no estado.

A PRF recuperou ainda, no mesmo período, mais de 6,5 mil veículos roubados e apreendeu 162,4 milhões de carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai em território paranaense.

Apreensões em 2018:

– Maconha: 45,7 toneladas

– Cocaína: 4.555,7 quilos

– Crack: 629,1 quilos

– Cigarro: 18,4 milhões de carteiras

– Veículos com alerta de roubo recuperados: 624

– Armas de fogo: 142

– Munições: 20.723 unidades

– Total de pessoas presas: 2.896