Cotidiano

TRÁFICO DE DROGAS

Após prisões, investigações serão focadas em braços de quadrilha

09/11/2018 07H05

TRÁFICO DE DROGAS Após prisões, investigações serão  focadas em braços de quadrilha

Umuarama – Após a desarticulação de uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas no Parque das Jabuticabeiras, agora a Polícia Civil vai focar as investigações para chegar até os braços da organização criminosa que atuam em outros bairros e até em possíveis seguimentos comerciais, segundo o delegado operacional da 7ª SDP, Thiago Soares.

Esta parceria com o Denarc é importante para Umuarama. Vamos continuar com as investigações para varrer os braços dessa organização criminosa de outros bairros da cidade”, disse.

OS PRESOS

A declaração foi dada após a prisão de seis pessoas apontadas pela polícia como integrantes de uma organização criminosa que comercializa cerca de 50 quilos de maconha por semana na cidade. Eles atuavam no abastecimento de pequenos traficantes.

Um casal apontado pela polícia como ‘donos’ da droga foi preso. A dupla ainda seria responsável pela compra e pela distribuição aos traficantes menores.

Também foram detidos dois homens de 34 e 59 anos apontados como os responsáveis pela guarda e armazenamento do entorpecente. Outros dois mandados de prisão foram cumpridos a integrantes da quadrilha que já estão recolhidos na cadeia pública há três semanas. Eles é que vendiam as drogas.

AS INVESTIGAÇÕES

As investigações duraram três meses e foram realizadas em parceria entre a Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil de Maringá (DENARC) e a Polícia Civil de Umuarama. Os detidos foram presos em casa, nos bairros Parque das Jabuticabeiras e Ibirapuera.

Na operação os policiais ainda apreenderam 56,8 quilos de maconha, uma garrucha calibre 22, dinheiro e documentos de imóveis. Agora a polícia vai apurar se há imóveis que foram adquiridos com o dinheiro do tráfico, segundo o delegado do Denarc, Leandro Roque Munin.

Neste trabalho em conjunto com os investigadores da Polícia Civil de Umuarama foi possível prender um traficante de vulto. Este, que abastecia vários outros traficantes da cidade. Foram meses de trabalho de inteligência, dedicação e paciência que acabou na desarticulação de uma organização criminosa que atuava em Umuarama”, ressaltou o delegado Leandro Munin.